Quero falar de Moda, mas quero falar dela e de sua filosofia e quero falar e falar e falar, mas quero para ela e para ela filosofar.


J.

...e assim somos

"Somos o que fazemos, mas somos, principalmente, o que fazemos para mudar o que somos"

Eduardo Galeano

...

...
...

Pesquisar este blog

terça-feira, 6 de abril de 2010

A Ditadura da Moda


(2009, p. 65)


[...] O mundo mudou! a ditadura acabou. e por isso hoje podemos comprar camisetas do Che com nome de uma estilista rica embaixo em bazares exclusivos (sim, não pesem que todo mundo foi convidado, o esquema aqui é VIP). E ainda com a silhueta da moda. Porque nessa temporada tudo TEM que ser balonê. Senão, você está fora de moda. Democracia é isso.

Eita, que vida mais complicada.[...]


Rendo-me a Nina Lemos, recomendo e faço nota, uma leitura saudável para o ego intelectual que ora assombrado pela futilidade, ora movido pela necessidade, necessita de fato, o fato daquilo que o torna consciente.

2 comentários:

  1. Rendo-me à moda vigente nos dias que não quero pensar. Às vezes é gostoso fingir que apenas nuvens passam aqui dentro.
    Quando acordo, olho no espelho e meus olhos brilham... A moda é minha alma...
    E ela dificilmente coincide com o "in".

    Um grande beijo,
    bem vinda ao vício.

    ResponderExcluir
  2. Comecei a ler o livro mas não termenei!!

    Vergonha hauhsauhsuahsua!!!!

    Gostei do Post.

    ResponderExcluir